facebook  Twiter  GooglePlus In Youtube

JBS Avança em ranking global de Bem-estar animal

Auditoría y Certificación Brasil

Resultados da sexta edição do The Business Benchmark on Farm Animal Welfare demonstram o compromisso da Companhia com. O cuidado com a qualidade e segurança dos alimentos é um processo contínuo aplicado pela JBS em todas as fases da sua cadeia de produção e tem origem no cuidado com os animais.

Os resultados dessas iniciativas podem ser observados na sexta edição do The Business Benchmark on Farm Animal Welfare (BBFAW), relatório anual de alcance global sobre as boas práticas de bem-estar animal, desenvolvido por duas ONGs internacionais: a World Animal Protection e a Compassion in World Farming (CIWF), e pela Coller Capital, empresa global de private equity. A JBS foi considerada uma das melhores empresas do mundo no que se refere à prática de Bem-Estar Animal e aumentou em 25% sua pontuação em relação ao ano anterior, o que fez com que sua colocação subisse do tier 3 para o tier 2.

“As melhores práticas de Bem-Estar Animal guardam estreita relação com o sucesso das nossas operações. A JBS trata esse tema com extremo rigor e tem investido cada vez mais no aprimoramento de políticas e ações que sigam as melhores práticas de mercado. Para nós, é gratificante ver o trabalho que temos desenvolvido nos últimos anos refletido no BBFAW, que coloca a JBS em um patamar de liderança na indústria de alimentos e comprova a evolução constante da Companhia em Bem-Estar Animal”, diz Márcio Nappo, diretor de Sustentabilidade da JBS.

A JBS conta com procedimentos de Bem-Estar Animal em todas as suas unidades, que estão de acordo com padrões nacionais e internacionais e são baseados no respeito às cinco liberdades fundamentais dos animais (livre de fome e sede; livre de desconforto; livre de dor, injúria e doença; livre para expressar seu comportamento natural; livre de medo e estresse). Para gerenciar o tema, a JBS possui equipes especializadas em cada tipo de proteína que trabalha (aves, suínos e bovinos) e adota técnicas que são constantemente aprimoradas de acordo com as melhores práticas de mercado.

A Companhia adota rígidos padrões de bem-estar animal no transporte e manejo dos animais. Para bovinos, por exemplo, a JBS possui uma frota de veículos especialmente desenvolvida para o transporte de gado – a única do Brasil com elevador para embarcar e desembarcar os animais de forma mais segura, ao invés das tradicionais rampas de acesso ao caminhão. Atualmente, a frota especial de Bem-Estar Animal de bovinos conta com 172 carretas (e deve chegar a 193 no final de 2018). A JBS também é a única no país que possui câmeras de monitoramento nos currais para avaliação dos indicadores de Bem-Estar Animal em todas as suas 36 unidades de bovinos.
A Companhia investe constantemente em treinamentos com os produtores e seus funcionários, assim como mantém parceria técnica com as maiores referências globais no assunto, como a Dra. Temple Grandin. Além disso, 100% dos motoristas da JBS e terceiros são treinados em Bem-Estar Animal, recebem certificados e assinam um termo de responsabilidade sobre essa política da companhia.

“A gestão da Sustentabilidade na JBS é feita por meio de cinco temas estratégicos que orientam todas as operações globais da Companhia, e Bem-Estar Animal é um deles. Por isso, todos os anos investimos em melhorias nas nossas fábricas, além de incentivar práticas que aprimorem cada vez mais essas ações em nossa cadeia de fornecimento”, explica Nappo. O executivo também conta que a Companhia realiza auditorias internas constantemente, de forma a garantir a aplicação das técnicas corretas. Em 2017, foram mais de R$ 14,5 milhões aplicados em avanços de Bem-Estar Animal no Brasil e cerca de 15 mil pessoas treinadas sobre o tema, considerando colaboradores, produtores e fornecedores.

Entre outras iniciativas de destaque da Companhia está o compromisso de realizar a transição do sistema de produção que utiliza gaiolas de gestação individuais para gaiolas de gestação coletiva em sua produção de suínos. A JBS tem apoiado seus fornecedores integrados no cumprimento deste padrão, de forma que toda sua cadeia de produção esteja adaptada ao sistema de gestação coletiva, progressivamente, até 2025 – hoje, 45% de seus fornecedores já adotam o sistema. Além disso, com o propósito de estabelecer diretrizes que possam fazer com que o tema esteja em constante evolução na Companhia, foi constituído, em 2017, um Comitê de Bem-Estar Animal composto pelas áreas de Sustentabilidade, Qualidade, Bem-Estar Animal, Agropecuária e Comunicação Corporativa.

Em agosto de 2017, a JBS também assumiu o compromisso de comprar ovos comerciais, que são utilizados como ingredientes em seus produtos, somente de granjas com galinhas criadas livres de gaiolas. Até 2020, os industrializados que levam ovos em suas receitas produzidos pela Companhia no Brasil não farão mais uso de ovos provenientes de aves confinadas, o que demonstra o quanto a empresa acredita que as práticas que garantem o Bem-Estar Animal em todas as etapas do processo de produção são fundamentais para a sustentabilidade dos negócios.

Suscribase Newsletter semanal inocuidad

FNL  CARN

 PAN z CON BEB 

|